Você não pode fugir de Deus

Início » Marcos – Estudos » Você não pode fugir de Deus
Você não pode fugir de Deus

A história de Jonas e o grande peixe é uma das passagens mais conhecidas da Bíblia. Antes de tudo, é importante que você entenda que o livro de Jonas não é uma simples parábola, não é um conto. Pelo contrário, Jonas é um personagem histórico. A Bíblia diz que ele era “filho de Amitai” (Jn 1.1). Em 2Reis 14.25 está registrado que ele era um profeta. Assim, ao ler o livro de Jonas precisamos entender que o livro é a Palavra de Deus inspirada e como toda a Escritura Sagrada, há preciosas lições para nossa vida.

No capitulo primeiro, o profeta Jonas tentou fugir de Deus. Após ouvir o chamado celestial para pregar na cidade de Nívive, Jonas, em total desobediência, se dispôs para fugir da presença do Senhor. Ele desceu até a cidade portuária de Jope, onde encontrou um navio para Társis (Jn 1.3). Em seguida, desceu ao porão do navio. Sua desobediência trouxe uma tempestade assustadora que atingiu todos que estavam ao seu redor. Como resultado, o profeta Jonas foi lançado pelos marinheiros e desceu ao fundo do mar (Jn 1.15). Palmer Robertson estava certo quando escreveu: “É fato: nada pode estar em perfeita ordem quando se está vivendo em rebeldia à vontade de Deus”.

Entretanto, depois de ser lançado ao mar, surpreendentemente, Jonas não morreu! Ele esperava morrer nas águas profundas, porém, o Senhor tinha outros planos para o profeta. “Deparou o SENHOR um grande peixe…” (Jn 1.17). O peixe estava exatamente no local e na hora correta estabelecida pelo Altíssimo.
Que peixe é esse? Esse grande peixe era, possivelmente, um mamífero, uma baleia cachalote, ou talvez um tubarão-baleia. O ponto é: Deus controla não apenas o mar, mas tudo o que nele vive. Por meio desse monstro marinho, Deus preservou Jonas vivo durante três dias e três noites.

Jonas queria fugir da presença de Deus, mas Deus o levou justamente para o centro de Sua santa vontade. Enquanto estava no ventre do peixe, Jonas fez algo que se recusou a fazer quando estava no navio – ele orou a Deus. Foi justamente no ventre do peixe que Jonas ergueu a sua voz e proclamou uma das orações mais lindas da Bíblia.

O Senhor, às vezes, nos lança nas profundezas do mar agitado para reconhecermos a profundidade de nossa desobediência.

A experiência de Jonas dentro do peixe representa algo muito maior do que ele mesmo foi capaz de perceber. Jesus deixou isso claro no evangelho de Mateus: “Porque assim como esteve Jonas três dias e três noites no ventre do grande peixe, assim o Filho do Homem estará três dias e três noites no coração da terra” (Mt 12.40)
Para salvar Jonas, Deus providenciou um peixe, para nos salvar, Ele providenciou um substituto, Seu Filho. À semelhança de Jonas, nossa única esperança é confiar em Deus.

Hoje, todos os Jonas relutantes espalhados pelo mundo podem encontrar o caminho de volta para Deus. A todos os Jonas desobedientes a graça de Deus diz: “Jesus pagou o preço. Volte para casa!”. É tempo de voltar ao serviço! É tempo de ouvir à voz de Deus!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.